Presidente do TCE-SE profere palestra na Marcha dos Vereadores sobre o papel dos TCs no combate à corrupção

Presidente do TCE-SE profere palestra na Marcha dos Vereadores sobre o papel dos TCs no combate à corrupção

O conselheiro Clóvis Barbosa de Melo, presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), proferiu palestra em Brasília, na quarta-feira, 26, na XV Marcha dos Vereadores, diante de dois mil parlamentares e prefeitos de todo o país. Realizada no centro de eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Comércio (CNTC), a ação visa debater temas que estão em evidência na atualidade.

A explanação do conselheiro teve como foco “O papel dos Tribunais de Contas no combate à corrupção”, versando sobre as competências da instituição e destacando auditorias feitas pelo órgão que constataram desperdício de dinheiro público, a exemplo da auditoria realizada em 2014 que encontrou irregularidades no quadro de pessoal na Fundação Hospitalar de Saúde (FHS).

Outro aspecto lembrado por Clóvis Barbosa foi a parceria com outros órgãos de controle, a exemplo dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, nas ações de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro, subsidiando operações como a “Antidesmonte”, que acompanhou a transição nas prefeituras, e “Indenizar-se”, que resultou em denúncia sobre desvio de verbas de subvenção na Câmara de Vereadores de Aracaju.

A Marcha 2017 foi aberta na manhã da terça-feira, com um painel sobre a Reforma da Previdência que contou com a participação do senador Paulo Paim. A solenidade de abertura, no turno da tarde, teve a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros. Ainda na quarta, houve entre os eventos a participação do secretário Nacional da Juventude, Assis Filho, e da secretária de Políticas para as Mulheres, Fátima Pelaes.

O ministro Max Beltrão, do Turismo e os Ministro do TSE,  Henrique Neves e Luciana Lóssio também participaram, além de prefeitos, deputados e senadores. O evento foi promovido pela União dos Vereadores do Brasil (UVB), e teve como público, além dos legisladores municipais, os servidores das Câmaras e Prefeituras.

C

Share This: