Vereadores sugerem utilização da estrutura dos clubes de futebol para vacinação contra a Covid-19

Vereadores sugerem utilização da estrutura dos clubes de futebol para vacinação contra a Covid-19

A Câmara Municipal de Curitiba (CMC) aprovou nesta segunda-feira (29) pela manhã uma indicação à Prefeitura de Curitiba. A proposta, assinada pelos vereadores Leonidas Dias (Solidariedade) e Sidnei Toaldo (Patriota), sugere a utilização da estrutura de clubes de futebol da cidade (profissionais e amadores) para ampliação dos pontos de vacinação contra a Covid-19 na capital paranaense.

De acordo com a proposta, que foi votada na Sessão Plenária, a ideia seria que o Executivo municipal buscasse parcerias com os clubes da cidade, considerando-se a previsão de chegada de maior volume de vacinas no município e a necessidade em ampliar as opções de locais de aplicação das vacinas para diversos pontos da cidade, facilitando assim o acesso da população à vacinação. Considerando-se tanto os clubes profissionais como os amadores, haveria a possibilidade de abrir cerca de 20 novos pontos de vacinação pela cidade, caso o município assim achasse necessário.

Ao longo da última semana, filas quilométricas de carros e pessoas se formaram pela cidade, especialmente nas proximidades do Parque Barigui, onde fica o Pavilhão da Cura. Segundo a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, o grande “gargalo” não seria a vacinação em si, mas sim a necessidade de se fazer um pré-cadastro por meio do aplicativo Saúde Já. Como as pessoas não estão fazendo esse cadastro antes de ir para a fila da vacinação, acabam tendo de fazer tudo na hora, o que atrasa o processo. Não à toa, nos últimos dias o município tem feito uma campanha pedindo àqueles que serão vacinados para que já façam esse pré-cadastro antes de ir pra fila tomar a vacina.

Na CMC, o vereador Leonidas Dias, um dos signatários da indicação à prefeitura, destacou que os três principais clubes da capital, Athletico, Coritiba e Paraná Clube (o chamado Trio de Ferro) já se colocaram à disposição para ajudar neste momento de combate à pandemia. Além disso, segundo o parlamentar, as instituições já contam com suas estruturas adequadas para atendimento, além de estarem localizados em diferentes pontos da cidade. 

Com o ritmo de doses aplicadas diariamente aumentando, o vereador entende que as filas registradas em alguns pontos de vacinação na última semana tendem a aumentar. A ideia de colocar a estrutura desses clubes como possíveis locais para vacinar os curitibanos é justamente com o intuito de desafogar os demais espaços, como o Pavilhão da Cura. Esta seria uma forma de acelerar a imunização da população, fator necessário e urgente para diminuirmos as mortes pela Covid e, consequentemente, caminharmos rumo à retomada econômica de Curitiba.

Antes, outras cidades já haviam feito iniciativas desse tipo, como São Paulo, com os estádios Morumbi (do São Paulo FC) e a Neoquímica Arena (do Corinthians). Em Santos, também no estado paulista, a Vila Belmiro também virou ponto de vacinação. Já nos Estados Unidos, a Liga Nacional de Futebol Americano (NFL) ofereceu ainda no começo de fevereiro a transformação de cada um dos 30 estádios onde a liga é disputada em centros de vacinação em massa contra o novo coronavírus.

fonte:https://www.bemparana.com.br/noticia/vereadores-

Share This: