Adiamento das eleições é tema de reunião entre Conzatti e senador Weverton Rocha

Adiamento das eleições é tema de reunião entre Conzatti e senador Weverton Rocha

O vereador Gilson Conzatti, participou de reunião on-line com o senador Weverton Rocha (PDT-MA), que é relator da proposta de emenda à Constituição que adia as eleições municipais de 2020. A conversa foi realizada na manhã desta terça-feira, 23.
Durante a conversa, o senador declarou que não é mais possível realizar o primeiro turno desse pleito no dia 4 de outubro. Para Weverton o adiamento já é quase consenso. A questão, segundo ele, é o fechamento das datas do primeiro e do segundo turno entre novembro e dezembro. “A questão do adiamento da data (do primeiro turno) para 15 de novembro é tranquila. Mas vi que vários líderes estão fazendo um apelo para que o segundo turno não ocorra em 29 de novembro, e sim em 6 de dezembro. Isso é uma dúvida que eu (como relator da PEC) ainda não resolvi. Temos também de ver a conveniência, devido às questões legais e políticas, dos prazos dos registros das candidaturas e das convenções”.
O senador Weverton ainda manifestou uma preocupação e por isso o relatório, pois se o Poder Legislativo não se manifestar quanto ao adiamento das eleições 2020, poderá o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) juntamente com o Supremo Tribunal Federal (STF) poderão criar e definir as próprias regras do pleito eleitoral.
Já o vereador Gilson Conzatti, manifestou durante a conversa que a única boa notícia é que o prazo do calendário eleitoral não será estendido, ou seja, as convenções não serão realizadas no mês de agosto, e sim, mais a frente, ficando apenas 45 dias de período eleitoral e não 90 dias como propõe o TSE.
Foto : Fernando Sucolotti

Share This: