Collares, aos 92 anos, recita poema e emociona no Top Legislativo

Collares, aos 92 anos, recita poema e emociona no Top Legislativo

O ex-governador do Rio Grande do Sul, Alceu de Deus Collares, emocionou a todos na tarde da sexta-feira (dia 06 de dezembro) ao recitar um poema durante a solenidade de entrega do reconhecimento “Top Legislativo”, da União dos Vereadores do Brasil (UVB). Com um caminhar lento, mas a voz ainda forte para quem está com 92 anos, Collares fez questão de usar a palavra no grandioso evento da UVB. Em pouco mais de um minuto, concentrado e de pé, ele encarou dezenas de vereadores todas as regiões do Brasil e recitou o poema “Duas Almas”.

A lucidez deste que é um dos políticos mais atuantes do Brasil desde o processo da redemocratização surpreendeu e emocionou os participantes do evento. Antes de falar, Collares gentilmente ofereceu a palavra ao também ex-governador e octogenário Pedro Simon, que agradeceu e disse que falaria logo em seguida. Collares foi direto ao poema do uruguaio Alceu Wamosy.

O poema:
“Ó tu, que vens de longe, ó tu, que vens cansada,
entra, e sob este teto encontrarás carinho:
eu nunca fui amado, e vivo tão sozinho,
vives sozinha sempre, e nunca foste amada…
A neve anda a branquear, lividamente, a estrada,
e a minha alcova tem a tepidez de um ninho.
entra, ao menos até que as curvas do caminho
se banhem no esplendor nascente da alvorada.
E amanhã, quando a luz do sol dourar, radiosa,
essa estrada sem fim, deserta, imensa e nua,
podes partir, ó nômade formosa!
Já não serei tão só, nem irás tão sozinha.
Há de ficar comigo uma saudade tua…
Hás de levar contigo uma saudade minha…”

Share This: