Vereadores de Muçum-RS visitam o escritório da UVB em Porto Alegre-RS

Vereadores de Muçum-RS visitam o escritório da UVB em Porto Alegre-RS

Os vereadores do município de Muçum,Rio Grande do Sul, Gilmar Marcolin, Carlos Eduardo  Ulmi e Aldair José Villa, estiveram na tarde da quarta feira (28), visitando o escritório da União dos Vereadores do Brasil-UVB em Porto Alegre-RS e foram recebidos pelo presidente da entidade, Gilson Conzatti.

Onde debateram assuntos como o fortalecimento do mandato e a importância da comunicação. Os vereadores da câmara municipal de Muçum  interessados  em adquiri informações e esclarecer algumas duvidas buscaram a UVB para solicitar um apoio e orientações .

Na oportunidade  Conzatti sugeriu  que as câmaras municipais devem procurar cada vez mais divulgar seus conteúdos e ações para melhorar este trabalho de divulgação.

 

Saiba mais sobre Município de Muçum-RS

“Muçum é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Conhecido como Princesa das Pontes, pelo trecho da Ferrovia do Trigo que atravessa o rio Taquari e corta a cidade sobre um viaduto, marcando o visual da entrada da cidade.

O povoamento da região onde hoje se encontra o município de Muçum começou por volta do século 19, com o estabelecimento dos primitivos colonizadores de origem lusa, italiana, alemã e polonesa, que compraram suas terras, através da Comissão de Terras e Colonização em Guaporé. O Rio Taquari teve suma importância na migração dos primeiros colonizadores, já que era bastante navegável. O nome do município tem sua origem de uma cachoeira conhecida dos navegadores que costumavam passar pelo rio Taquari, chamada “Muçum”. Inicialmente a povoação denominou-se General Osório. A origem do invulgar nome de “muçum”, que a cidade e o município ostentam até hoje, perde-se nas brumas de tempos passados, difundido oralmente entre os primitivos navegadores do rio Taquari. O nome “Mussum”, ainda grafado com dois “SS”, aparecia escrito em um relatório elaborado em 1862, pelo engenheiro militar Capitão Antônio Augusto Arruda, do Exército nacional, ao efetuar um completo levantamento das cachoeiras existentes no rio Taquari, desde o porto de estrela até o incipiente povoado de Santa Bárbara na foz do Rio Carreiro. Por meio deste documento, se constata que “Mussum” era a denominação dada a cachoeira do rio Taquari em que este nome já existia muitos anos antes. Em 19 de novembro de 1938 alternava a denominação de distrito e vila de General Osório para “Mussum”, ainda com grafia de dois “SS”. Em dezembro de 1959 era solicitada a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul “que seja retificado o nome de Muçum, para a grafia com dois “S”, visto ser nome próprio, pois com “ç” é nome de peixe de origem da língua Tupi-Guarani. Esta solicitação da Câmara de Vereadores, não foi aceita.

 

Geografia

Muçum localiza-se no Vale do Taquari e é uma cidade originada pela colonização italiana, o município expande-se ao norte em direção às montanhas que pertencem à região. Fazem

parte da jurisdição da cidade de Muçum pequenas comunidades(chamados Linhas) como Linha Braz Chalreo, pronunciado pelos imigrantes italianos “brasharéu”, Linha Treze de Maio, São Luis e Linha 28. A maioria das famílias desta região é de origem vêneta. Representa a transição entre o Vale do Taquari e a Serra Gaúcha.

Share This: