Oficina visa redesenhar a cadeia do leite em Querência-MT.

Oficina visa redesenhar a cadeia do leite em Querência-MT.

A oficina ofertada pelo IPAM AMAZÔNIA em parceria com a associação de produtores e produtoras de leite do assentamento PA Pingos D’agua aconteceu na noite de quinta-feira(11/07) na escola municipal PA Pingo D’agua.

O vereador Vavá acompanhou esse bate papo primordial para o desenvolvimento da cadeia leiteira em Querência juntamente com o secretário de agricultura Luiz Vezaro demais servidores, produtores e representantes da associação.

A produção de leite está presente em 99% dos municípios brasileiros e só este percentual já mostra a dimensão da atividade que movimentou R$ 67 bilhões em 2016. O Brasil é o quarto maior produtor do mundo – em 2016, foram produzidos 35 bilhões de litros -, e nos últimos cinco anos o setor leiteiro acumulou 78% de expansão de mercado. E este é apenas o começo de uma nova era.

Antenados na imensidão de oportunidades os produtores se movimentam para desenvolver ideias para a ampliação das atividades já existentes em nossa região, com a oficina é possível redesenhar a cadeia do leite e traçar estratégicas que beneficiarão todos os produtores da região, o IPAM  se comprometeu em disponibilizar toda uma consultoria sobre a viabilidade da construção do laticínio em Querência, tendo como objetivo estudos que identifiquem alternativas para agregação de valor a produção em Querência.

A 1ª oficina contou com a presença ainda da diretora adjunta de políticas públicas e desenvolvimento regional Sra. Lucimar Souza, Coordenadora Regional Cecilia Simões, consultor Marcio Roberto do IPAM de Santarém no Estado do Pará e da servidora da câmara municipal de Querência Anajara que auxilia na mediação dos diálogos com os produtores.

Share This: