Câmara implantará Plano de Gerenciamento Ambiental e Sustentável

Câmara implantará Plano de Gerenciamento Ambiental e Sustentável

 

Porto Alegre/RS – A Câmara Municipal de Porto Alegre criará grupo de trabalho para estabelecimento de seu Plano de Gerenciamento Ambiental e Sustentável (PGAS). A medida foi aprovada na manhã da quinta-feira (15/2) durante a reunião da Mesa Diretora. O presidente do Legislativo da Capital, vereador Valter Nagelstein (PMDB), ao saudar a iniciativa, destacou a importância desta atividade, a qual não terá custos e promoverá atitudes que beneficiam o meio ambiente e a sustentabilidade.

Nagelstein explicou que será firmada portaria para estabelecimento de um grupo de trabalho (GT), formado por representantes de áreas técnicas específicas do Legislativo e das bancadas partidárias, para implantação deste Plano. Conforme acordado entre os componentes da Mesa Diretora, o GT terá 30 dias para diagnóstico e sugestões de medidas cabíveis para implantação do PGAS. A Diretoria Geral da Casa vai coordenar o processo para estabelecimento e manutenção do Plano.

O vereador André Carús (PMDB), encaminhou a proposta do Plano de Gerenciamento Ambiental e Sustentável, ressaltando os benefícios da iniciativa e observou que, além da importante medida administrativa que prevê a redução do uso de papel, a Câmara Municipal poderá promover  acoleta dos resíduos recicláveis, ser ponto receptor de resíduos especiais (aparelhos eletrônicos, pilhas, baterias), criar uma horta acompanhada com processo de compostagem e promover a educação ambiental com os públicos interno e externo.

Plenário Otávio Rocha

Ficou definido ainda na reunião desta manhã que jornalistas e representantes dos diferentes veículos de comunicação que vierem a Câmara Municipal para acompanhar as sessões ordinárias ou extraordinárias terão espaço exclusivo no Plenário Otávio Rocha para entrevistas e acompanhamento dos trabalhos, com acesso permitido a partir do credenciamento prévio. A Mesa Diretora também aprovou resolução que limita a circulação de assessores parlamentares neste mesmo plenário durante as sessões.

Durante as discussões desta quinta-feira foram apreciados processos que envolvem controle de bens patrimoniais, atividades culturais e a participação da Câmara Municipal no II Fórum Nacional das Parcerias Públicos Privadas (PPPs), na qualidade de apoiador institucional. Os trabalhos da Mesa Diretora tiveram também a participação dos vereadores Mônica Leal (PP) e Mauro Pinheiro (Rede) – vice-presidentes -, José Freitas (PRB) e Paulinho Motorista (PSB) – secretários -, além dos diretores Geral, Administrativo, de Patrimônio e Finanças, e Legislativo, procuradores e assessores.

Texto: Angélica Sperinde (reg. prof. 7862)
Edição: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154) (Foto: Leonardo Contursi/CMPA)

 

 

Share This: