Ministro Nardes recebe Medalha Fernando Dias Oliva

Ministro Nardes recebe Medalha Fernando Dias Oliva

O Ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), João Augusto Ribeiro Nardes, foi homenageado com a Medalha Fernando Dias Oliva, durante o Encontro Nacional de Legislativos Municipais, na sexta-feira (10) na cidade de Canela/RS.

Augusto Nardes após a homenagem palestrou aos presentes, convocando a UVB para liderar a criação de leis de governança nos municípios brasileiros a partir das Câmaras Municipais e falou da sua atuação frente ao TCU.

“Gaúcho, missioneiro, descendente de tropeiros, filho do Brasil, exercer o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União, como o faz desde o dia 20 de setembro de 2005, permitiu-lhe atuar na proteção dos direitos não só do povo se seu Estado, mas de todo o povo de seu país. No seleto colegiado onde já tomaram assento grandes vultos do Rio Grande do Sul e do Brasil, busca, todos os dias, honrar o compromisso assumido no termo de posse, desempenhando com independência e exação os deveres do cargo, cumprindo e fazendo cumprir a Constituição Federal e as leis da Nação, notadamente no que diz respeito à fiscalização e ao controle externo dos recursos públicos de competência da União.

Com formação em administração, com cursos de pós-graduação e mestrado em Genebra, Suíça, em estratégia do desenvolvimento, é egresso do Parlamento e leva consigo o gosto pelo ideário de servir à coletividade, desde a sua primeira eleição, em 1972. Imbuído das responsabilidades da magistratura de contas, teve a honra de presidir a Casa no biênio 2013-2014, oportunidade em que pode implantar, entre outros conceitos, a especialização das unidades técnicas e as auditorias coordenadas. Também teve a honra de estar à frente da Olacefs na primeira vez em que o Brasil exerceu a presidência da Organização, criada há mais de 50 anos para congregar as entidades de fiscalização superior da América Latina e do Caribe.

Atuar em um órgão de jurisdição nacional e de estatura constitucional como o Tribunal de Contas da União é poder pensar o futuro do Brasil em um contexto político global, não apenas sob os aspectos da legalidade, legitimidade e economicidade dos atos da administração pública, mas com foco na boa governança, na sustentabilidade e na competitividade, de modo a contribuir para o desenvolvimento do país em benefício da sociedade, e para o engrandecimento crescente de nossa Nação perante as grandes potências do planeta.”

Share This: